Buscar
  • Claudio Correa Monteiro

Sangue, suor e sementes

Eu vou falar do livro Sangue, Suor e Sementes que é uma coletânea que reune contos de Magnos Langbacker que terminou de escrever no ano passado e é lançado de forma independente. O escritor ambienta suas aventuras no noroeste do Rio Grande do Sul. Região de sotaques peculiares influênciados pela língua alemã e italiana. A fala coloquial dos personagens de sangue, suor e sementes está carregada desta marca cultural. Além deste aspecto, também nos aproximamos da mentalidade provínciana dos personagens. Temos um presidente de cooperativa que faz de tudo para acobertar seus golpes e comportamentos ultrajantes. Um herói do povo que trabalha de sol a sol para reparar uma injustiça. Histórias de intrigas famíliares, desconfiança e preconceito, mendigos milionários, coronéis autoritários. Santa Rosa descrita de forma crua, inóspita e violenta frente ao olhar de uma visitante azarada. E, se é em Santa Rosa, não poderia faltar uma história de baile. Contos nos quais a violência está presente em um mundo regido pela hipocrisia dos poderosos.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Eu vou falar do Livro Os cavalinhos de Platiplanto, o livro de contos de José J. Veiga, lançado em 1959. Usando reminiscências de infância, o narrador de Os cavalinhos de Platiplanto faz um passeio lí